Pesquisar este blog

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Contorcionismo

Há quem não goste de circo, ha quem não goste de ser submetido a ilusão de óptica e ha quem ache que o contorcionismo é uma atividade inútil ebem desagradável aos olhos .
Opiniões a parte, não há como negar que fazer o que esse povo faz é uma arte para poucos.
video
Para quem se interessa, aqui vai uma pesquisa:

LONDRES. Estudo publicado ontem por pesquisadores da Universidade de Hertfordshire, na Inglaterra, revela que o segredo dos contorcionistas depende muito mais da genética que de treinamento. Segundo o estudo, a extrema flexibilidade desses artistas se deve a uma elasticidade anormal dos ligamentos de seus corpos e seria garantida pelo fato de seu colágeno, proteína que forma os ligamentos, ser mais maleável.

Os pesquisadores usaram como cobaia a contorcionista profissional Delia du Sol. Uma bateria de exames de ressonância magnética e escaneamento de alta definição revelou que o espaço entre seus ossos e vértebras era muito maior do que o normal, indicando que os ligamentos seriam maiores e mais flexíveis.
Conseqüentemente, Delia pode fazer coisas fora do normal, como pôr os pés atrás do pescoço ou se ajeitar numa pequena caixa de papelão. A família de Delia também chamou a atenção dos pesquisadores: mãe, avó, irmã, uma prima e uma tia são contorcionistas. Treinos, porém, são importantes. Embora seja mais flexível que o normal, Delia e outros contorcionistas profissionais vivem uma rotina espartana de alongamentos. Não só para manter a forma, mas porque sua flexibilidade também os deixaria mais expostos a males como a artrite.
Fonte:no O Globo de 18 de Novembro de 2003, no caderno Ciência.

Um comentário: