Pesquisar este blog

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Ser diferente é normal!

video

Lembro-me de uma propaganda vinculada há anos atrás, inclusive premiada pela delicadeza e bom gosto que foi feita. Tudo nela é perfeito, desde a música até a mensagem que se propõe a transmitir.Trata-se da campanha da APAE. O slogan: “ser diferente é normal”. Essa frase foi muito bem aplicada no comercial, mas também nos remete a outras tantas questões primordiais.



As pessoas passam a vida inteira tentando fazer parte de alguma coisa, que as signifique. Existe uma necessidade muito grande de ser aceito por um grupo social. Nos adolescentes o up é gostar da banda do momento, vestir roupas da loja do momento, usar a linguagem certa, ir para o Outback, e outras tantas coisas inusitadas. Eles crescem e com eles o desejo permanece só que agora é um pouco mais requintado. Jantar no restaurante do chef mais badalado, usar a roupa da grif tal, freqüentar a exposição do artista do momento, freqüentar as festas de sicraninho e por ai vai.
Cada um no seu devido quadrado e nas suas ambições sócio- econômicas, mas sempre querendo fazer parte de alguma coisa que nem ao menos sabem por que e de que. Quero ver um muleke da favela não freqüentar o baile Funk..Vai vendo... ele vai é ficar completamente deslocado. A criatura mesmo que não gostando, se obriga a freqüentar o mesmo ambiente dos amigos.
E aquele povo que não gosta muito de beber, freqüentar Raive, e só tem amigos que fazem isso? Qual o seu destino?? Provavelmente, terá que tomar alguns Engoves e Red Bull para segurar a onda a noite toda.

Querer fazer parte desses grupos sociais, é um grito de “ me aceitem, olha, eu também sou legal, também sou IGUAL A VOCÊS”. Isso ai!! Para ser aceito, tem que ser parecido, senão, igual, Isso é a repetição do mesmo. Não importa se “esse mesmo” não agrada. O slogan é” ta na moda”. Quem nunca foi a uma loja, pelo menos as mulheres, e a vendedora mostrou uma roupa que na sua opinião é horrorosa, não combina com seu estilo e ela disse: Ah, mas ta na moda.. E daí?? Pergunto eu!!!! Pode estar na moda, usar meia calça na cabeça que eu nunca vou usar. Essa ditadura da moda é patética.
Cenas da vida.... A roupa da moda é calça de cintura baixa, então para onde você olha tem gente usando. Não importa se você esta com kgs de pneus gritando a independência pela lateral do seu corpo, mas o que importa é que “ta na moda”.. Ah, pera lá!!! O que as pessoas não se submetem!! Depois vem contar a lorotinha de que gostam da roupa só para não mostrar o quanto ridículo estão.
Um observador mais atento ao andar pelas ruas, vê um monte de pessoas com o mesmo tipo de roupa, bolsa , sapato.. é tudo igual!!! Qual a graça que tem nisso? Ah, sim, ta na moda..
Sejamos nós mesmo. O igual é insosso, ser diferente é normal, mais bonito e original.


3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. gostei do texto, eu to gostando do modo como vc escreve..
    eu me amarro em propaganda!
    eu lembro de uma propaganda se não me engano era da apae tbm, que a música era do Elvis.. lembra dessa? camom camom camom camom.. :}

    cê tá tão eclética nos seus posts to te seguindo ein.. (Y)

    ResponderExcluir
  3. Gostei do texto...
    Como diria Tati Quebra barraco, "To feia, mas to na moda"..hahahhaha
    Mostra o cofre, mas não mostra "a cara", não diz ao que veio...
    "How bizarre...Every time I look around"...Como na música, exércitos de pessoas que querem ser aceitas, mas não querem se assumir...Viva a diferença, sempre!

    ResponderExcluir